Monday, April 28, 2008

correntes

Aproximou-se dele, furiosa:
- Olhe o que fez! Despedaçou-me o coração!
- Desculpe, minha senhora... a senhora disse que era para assar...
- Guisar, seu incompetente! Guisar!
O talhante encolheu os ombros num gesto de lamento, olhando para o saco que a mulher depositou em cima do balcão:
- Bem, se a senhora quiser, eu terei todo o gosto em oferecer-lhe outro...- disse, como quem tenta remediar.
Ela encolheu os ombros por sua vez:
- Ainda não percebeu? Nunca vou arranjar um coração tão bom como este..
E dizendo isto, saiu.

2 comments:

Ninguém said...

Há pessoas sem jeito nenhum para lidar com corações! E depois ainda julgam que se substituem assim! :P

Alice no Labirinto das Metamorfoses said...

idem